Ponta Delgada, acolhe a 6ª edição do Festival “ O Mundo Aqui” e Cordas do Sol estará presente

A AIPA – Associação dos Imigrantes nos Açores, irá realizar de 29 de Novembro a 1 de Dezembro, a 6ª edição do Festival “ O Mundo Aqui”, na Academia das Artes e Conservatório de Ponta Delgada, onde a música e a gastronomia do mundo serão os elementos principais desta iniciativa que pretende contribuir para a celebração da diversidade cultural, enquanto um dos eixos essenciais para o desenvolvimento coletivo.Este ano, o destaque irá para a presença dos “Cordas do Sol” - um dos grupos cabo-verdianos mais aclamados que, aproveitando uma digressão na Europa e uma enorme vontade dos seus músicos, irão atuar no dia 29 de novembro, estreando-se, desta forma, nos Açores.Nos últimos anos, “Cordas do Sol” tornou-se um dos grupos mais aclamados pelo público cabo-verdiano, fruto de um percurso consistente e de uma grande qualidade musical. No início, eram apenas um grupo de amigos que se encontrava nos tempos livres para fazer serenatas em noites de luar. A partir de 1994, ano de constituição formal do grupo, deram início a uma intensa recolha das tradições da ilha de Santo Antão, projectando-as, em seguida, através da música. As composições do “ Cordas do Sol” assentam na fusão da herança poética e harmónica misturando os temas e os géneros, resultando assim, numa linguagem própria e agradável que toca todos quantos os escutam. É de salientar ainda que o grupo tem no mercado três trabalhos discográficos: “Linga de Sintanton” (2000), “Marijoana” (2002) e “Lume de Lenha” (2009).A 6ª edição do Festival “ O Mundo Aqui” conta com o financiamento do Governo Regional dos Açores, do ACIDI, POPH e de mais umadezenade parceiros regionais, nomeadamente: SATA, Santa Casa da Misericórdia das Velas, HDG-Açores, Câmara Municipal de Ponta Delgada, Academia das Artes, Conservatório de Ponta Delgada, Hotel Vip, Lotaçor, RTP-Açores, Jornal “ Açoriano Oriental, Jornal “ Terra Nostra”, Rádio Atlântida, IRIS, Revista “Yuzin”, Arco 8 e Ateneu Criativo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cabo Verde, um percurso de esperança

Slow Ferry e o enguiço do Estado

Fine coliving in the Azores