Rangel recomenda a leitura do Maquiavel




Nem queria acreditar o que eu ouvi no outro dia do antigo líder Parlamentar do PSD, Paulo Rangel. Basicamente que: " a política não tem nada a ver com a ética". Mais, ele recomendou, em especial, ao seu colega de Partido Marques Mendes, a leitura... do Princípe do Maquiavel. Isso está mesmo a acontecer?

Comentários

Rui disse…
Caro Paulo,

Por muito que lhe custe (e a mim também), a verdade é que o Rangel está coberto de razão.

Mais. Não foi politicamente correcto e isso deve ser de aplaudir.

cumps
Anónimo disse…
Há várias interpretações sobre o pensamento de Nicolau Maquiavel, que quanto a mim foi um dos melhores pensadores de todos os tempos. Se calhar, por ser demasiado realista, naquilo que é necessário para ser um governante à sério. Na minha opinião O Príncipe de Maquiavel, na verdade, é uma obra de leitura obrigatória, não só para os políticos mas para todos aqueles interessados nos mecanismos do poder.
Abraço,João Santos
Anónimo disse…
Há várias interpretações sobre o pensamento de Nicolau Maquiavel, que quanto a mim foi um dos melhores pensadores de todos os tempos. Se calhar, por ser demasiado realista, naquilo que é necessário para ser um governante à sério. Na minha opinião O Príncipe de Maquiavel, na verdade, é uma obra de leitura obrigatória, não só para os políticos mas para todos aqueles interessados nos mecanismos do poder.
Abraço,João Santos

Mensagens populares deste blogue

Cabo Verde, um percurso de esperança

Slow Ferry e o enguiço do Estado

A lei dos mais fortes...Conhecem um tal Abreu Freire?