Jardim deve estar a brincar

O João Jardim, no seu estilo habitual, determinou a admissão na Madeira, de apenas 20 trabalhadores extra-comunitários.
O homem deve estar a brincar e pergunto se os vinte trabalhadores servirão para cuidar apenas do jardim do Palácio do Alberto João Jardim?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cabo Verde, um percurso de esperança

Slow Ferry e o enguiço do Estado

Fine coliving in the Azores