À descobertas das costelas

Mudando da área, os nosso parabéns ao Cristiano Ronaldo que foi, com muito mérito, considerado o melhor jogador do mundo. É feito que todos nós devemos ficar orgulhosos e espero que sirva de estímulo para a emergência ou a descoberta de mais “ronaldos” no futebol e fora dela; Os cabo-verdianos não andaram a dormir à sombra da bananeira. Descobrimos uma costela cabo-verdiana no craque portuguesa. O bisavô do craque, José Aveiro, natural casou com a cabo-verdiana Isabel que servia, na altura, numa casa no Funchal. Depois dessa descoberta, há quem diga que já temos pessoas a trabalharem arduamente, para descobrirem alguma costela cabo-verdiana ao Barack Obama.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cabo Verde, um percurso de esperança

Slow Ferry e o enguiço do Estado

Fine coliving in the Azores