As presenças lusas na White House

Por falar em diáspora, o luso-descendente de origem açoriana Pete Souza foi nomeado fotógrafo oficial da Casa Branca pela equipa do Presidente eleito, Barack Obama, segundo a Associação norte-americana de Fotojornalistas. Portanto, os Açores já lá estão na Casa Branca. Sousa tem 54 anos, e regressa à Casa Branca, onde já esteve como fotógrafo oficial de Ronald Reagan. Quem tem presença garantida na Casa Branca será um cão português que é uma mistura de labrador com um poodle comum. Não foi o famoso computador “Magalhães” que irá para Casa Branca mas com as duas presença lusas a coisa não está má. Pelo menos para começar, até porque podemos ter esperança que os Estados Unidos possam vir a adquirir meia dúzia de “Magalhães”

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cabo Verde, um percurso de esperança

Slow Ferry e o enguiço do Estado

Fine coliving in the Azores