Imigrante indocumento ganha 166 mil dolares...

Um imigrante da Eritreia na Suécia ganhou no concurso da raspadinha mais de 166 mil dólares. Quando o felizardo apareceu publicamente para receber o seu prémio as autoridades suecas perceberam que o imigrante estava no país em situação irregular.
Quiseram deporta-lo para o seu país de origem mas a Eritreia não o quis aceitar.
Moral da história: Um cidadão indocumentado não pode jogar raspadinhas ou mesmo o euromilhões… por isso que digo que um cidadão indocumentado simplesmente não existe, excepto para trabalhar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cabo Verde, um percurso de esperança

Slow Ferry e o enguiço do Estado

Fine coliving in the Azores