China reforça presença em Cabo Verde


Gradualmente e com mais ou menor visibilidade a China vai reforçando a sua presença e influência na África falante da língua portuguesa. Uma holding chinesa (Geocapital), com sede em Macau, acabou de adquirir ao Montepio Geral de Portugal os 27,4 por cento que detinha na Caixa Económica de Cabo Verde (CECV), segundo maior banco comercial de Cabo Verde.

Enquanto isso, a Lusofonia vai se tornando num mero exercício nostálgico...infelizmente.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cabo Verde, um percurso de esperança

Slow Ferry e o enguiço do Estado

A lei dos mais fortes...Conhecem um tal Abreu Freire?